Pássaro
Nuvem
Bando de pássaros

Artigos

Mirtáceas
Mirtáceas

Cravinho, goiaba e eucalipto... Podem parecer espécies muito diferentes, mas na verdade não são assim tanto. É verdade, todas elas pertencem à mesma família botânica – a família das mirtáceas (Myrtaceae). Esta é uma família muito vasta, que engloba atualmente mais de cinco mil espécies. São tantas!

Mas não é só este aspeto que têm em comum. Tal como o eucalipto, a maioria dos “membros” desta família é natural de terras distantes, com climas tropicais ou subtropicais, a maior parte delas no Sul do nosso planeta.

Estas três espécies têm uma ligação muito grande ao nosso país! O cravinho, nativo das ilhas Molucas e Nova Guiné, foi uma especiaria que trouxe grandes proveitos a Portugal durante o século XVI. Hoje continua a ser muito importante, agora na nossa gastronomia. Quem já provou algum prato com cravinho sabe o gosto especial que dá à comida!

Já a goiaba, um familiar bem docinho da família das mirtáceas, é proveniente do Brasil e da região tropical e subtropical da América. A sua planta, a goiabeira, um arbusto ou árvore que pode chegar aos 20 metros de altura, foi levada para a Ásia e África pelos Portugueses, sendo hoje muito comum nessas regiões. Mas é no Brasil que encontra algumas das melhores condições para crescer, fazendo desse país um dos maiores produtores de goiaba do mundo!

O eucalipto tem também uma forte ligação ao nosso país! Pensa-se até que os portugueses terão sido os primeiros a ver este género botânico durante as suas expedições a Timor. Neste país podemos encontrar três espécies nativas de eucalipto – Eucalyptus urophylla, Eucalyptus orophila e Eucalyptus alba –, mas estas são apenas três das cerca de 800 espécies de eucaliptos que integram a família das mirtáceas! Tantas espécies, e todas tão cheirosas! Em Portugal, os primeiros exemplares terão sido plantados entre 1820 e 1830, em Vila Nova de Gaia.

Mas há muitas outras mirtáceas que vale a pena conhecer, como a pitanga, a murta, o jamboeiro ou araçá. São mesmo muitas!

Quando fizeres uma visita à Quinta de S. Francisco, perto de Aveiro, vais encontrar cinco percursos botânicos que te vão permitir conhecer outras centenas de membros da grande família das mirtáceas. Pronto para te juntares a esta incrível família?

Lontra
Esquilo
Borboletas
Melro
Furão
Coelho
Coelho
Toupeira
Coruja
Abelha
Raposa
Salamandra
Recebe a revista
Família DMF
A carregar