Pássaro
Nuvem
Bando de pássaros

Artigos

Pequena grande biodiversidade!
Pequena grande biodiversidade!

A cientista Cíntia é muito inteligente e adora estudar. Isso faz dela uma excelente cientista! Mas, como ela costuma dizer, a característica principal de um bom cientista é a curiosidade.

É por isso que a Cíntia está sempre à procura de novas experiências para fazer!

No que toca a biodiversidade, existe um grupo de seres vivos que, sem os cientistas, não teríamos hipóteses de os ver.

São os microrganismos. Estas formas de vida não podem ser observadas a olho nu, apenas com o auxílio de um instrumento chamado microscópio.

Os microrganismos podem ser encontrados no ar, na água, no solo e até no nosso próprio corpo. Sim, no nosso corpo!

Apesar do seu tamanho, alguns destes pequenos seres têm uma enorme importância no meio ambiente, principalmente num processo conhecido como biodegradação: reciclagem de substâncias da natureza e na manutenção dos solos.

E sabias que uma parte do oxigénio que tanto necessitamos é produzido por microrganismos chamadas algas unicelulares?

Funcionam quase como as árvores, absorvem dióxido de carbono e produzem oxigénio!

Agora que já sabes que as formas de vida mais pequenas não são nada pequenas no que diz respeito à sua importância para a biodiversidade, gostavas de saber como realmente é o aspeto destes microrganismos? Então vem daí!

Lontra
Esquilo
Borboletas
Melro
Furão
Coelho
Coelho
Toupeira
Coruja
Abelha
Raposa
Salamandra
Recebe a revista
Família DMF
A carregar